<$BlogRSDUrl$>

quinta-feira, março 11, 2004

Leituras I 

Há pouco menos de uma semana emprenhei-me numa tarefa que há muito não realizava: ler um livro. Em cinco dias devorei O Jogador, de Fiódor Dostoievsky.
Ler é das coisas que me dá mais prazer e ter-me visto privado de o fazer nos últimos meses foi angustiante.
Lembro-me bem de como, nos tempos da Escola Profissional, na tenra adolescência, os livros eram o meu escape. Deitava mão aos volumes que me chamavam a atenção na biblioteca do meu pai. Qualquer hora livre era passada na Biblioteca Municipal e todas as semanas requisitava livros. Descurava o estudo da música, mas nada me dava mais prazer do que o contacto com a letra impressa daqueles volumes. Estava a tornar-me naquilo a que se poderia chamar um rato de biblioteca.
Esse período da minha vida talhou de forma profunda o desenvolvimento da minha personalidade.
Mais que uma mera nostalgia, sinto real falta de empreender tempo na leitura.






This page is powered by Blogger. Isn't yours?